Home English Version  
Empresa Produtos Informações Técnicas Fabricação Onde Comprar Garantia Contato

Cáculo de Consumo de Telhas

Observemos a figura a seguir:

Para a realização de qualquer estimativa de material devemos seguir os seguintes passos:

1. Obtenção da área a ser coberta (devemos incluir a sobreposição de telhados à área de cobertura para que não ocorra distorção no quantitativo).

2. Correção da área em planta, para área inclinada.

3. Multiplicamos a área inclinada pelo consumo de telhas por m².

4. Acrescemos uma porcentagem a mais de telhas (em torno de 5%), considerando eventuais quebras ou recortes no telhado.

Exemplo de estimativa baseada no telhado anterior

1. O primeiro passo é encontrar a área em planta. Para o telhado do exemplo, temos um dos lados A + A, portanto, 6,0 + 6,0 m = 12,00 m. O outro lado possui medida C, portanto, 10,00 m, multiplicando os dois lados encontramos: área = 12,00 x 10,00 = 120,00 m² (esta área ainda não está corrigida para a inclinação solicitada), este é o próximo passo.

2. Correção da área em planta, para área inclinada. Depois de encontrar a área em planta, devemos multiplicar pelo fator de correção (F.C.), correspondente à inclinação do telhado para encontrar a área inclinada.

Segue abaixo a tabela dos fatores de correção (F.C.), correspondente as inclinações.

Supondo que o telhado tivesse inclinação de 35%, pela tabela temos para inclinação 35%, F.C. = 1,059. Desta forma, multiplicamos a área em planta pelo fator de correção: 120,00 m² x 1,059 = 127,08 m² e encontramos a área inclinada.

3. O passo seguinte é multiplicar a área inclinada de telhado pelo consumo da telha a ser usada (os catálogos de produto especificam o consumo de cada telha).

Vamos utilizar a TopTelha Mediterrânea M14. O consumo desta telha é 13,7 telhas por metro quadrado. Multiplicamos então a área inclinada 127,08 m² x 13,7 telhas = 1741 telhas.

A quantidade justa de telhas para este telhado é de 1741 telhas.

Entretanto, conforme descrito no passo 4, devemos sempre acrescer uma pequena quantidade de telhas para suprir eventuais quebras, cortes e reposições.

Sugerimos acrescer 5%: 1741 unidades + 5% = 1829 telhas.

Cálculo de peças

Para calcular a estimativa de peças o procedimento é o mesmo da telha. Entretanto, devemos levantar a metragem linear de cada uma das partes do telhado, não esquecendo que em linhas inclinadas (como beirais laterais e espigões), devemos também aplicar o fator de correção (F.C.) para que não ocorra uma distorção no quantitativo de peças.

Depois de levantadas as metragens lineares, multiplicamos pelo consumo específico de cada peça, obtendo assim a quantidade de peças a ser consumida.

Este esquema de estudo das quantidades é muito prático e auxilia na hora de adquirir o produto.